Cálculo da variação da entalpia de uma reação química

Você está aqui

Home / Físico-Química / Termoquímica / Cálculo da variação da entalpia de uma reação química

A energia envolvida em uma combustão é calculada por meio da variação da entalpia
A energia envolvida em uma combustão é calculada por meio da variação da entalpia

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe:

Em uma reação química, tanto os reagentes quanto os produtos apresentam uma quantidade de energia interna: a entalpia. Como a medida da entalpia específica de cada substância em uma reação é muito complexa, é realizado o cálculo da variação da entalpia da reação (ΔH). Para efetuar esse cálculo, utilizamos a seguinte fórmula matemática:

ΔH = Hp-H

  • Hp = somas das entalpias dos produtos

  • Hr = soma das entalpias dos reagentes

O conhecimento da variação da entalpia de uma reação permite-nos classificá-la em relação à absorção ou liberação de calor, ou seja, podemos determinar se uma reação química é endotérmica (ΔH negativo) ou exotérmica (ΔH positivo).

Exemplos de cálculo da variação da entalpia:

Exemplo 1: (UFF) Considere os valores de entalpia padrão de formação (ΔHof) em KJ.mol-1 à 25°C das seguintes substâncias:

CH4(g)            - 74,8

CHCl3(l)          - 134,5

HCl(g)             - 92,3

Para a reação:

CH4(g) + 3Cl2(g) → CHCl3(l) + 3HCl(g)

Qual será o valor do ΔHof?

Passo 1: Observar se a reação está balanceada, haja vista que as entalpias fornecidas pelo enunciado estão relacionadas a apenas um mol. Ao analisar a reação, percebemos que ela está balanceada, pois há 3 mols de Cl2 e 3 mols de HCl.

Passo 2: Calcular a entalpia dos reagentes por meio da soma dos seus valores (respeitando o balanceamento):

Hr = - 74,8 + 3.0

Hr = - 74,8 KJ.mol-1

Passo 3: Calcular a entalpia dos produtos pela soma dos seus valores (respeitando o balanceamento):

Hp = - 134,5 + 3.(-92,3)

Hp = - 134,5 – 276,9

Hp = - 411,4 KJ.mol-1

Passo 4: Aplicar os valores encontrados para as entalpias dos reagentes e produtos na fórmula do ΔH:

ΔH = Hp - Hr

ΔH = - 411,4 - (-74,8)

ΔH = - 411,4 + 74,8

ΔH = - 336,6 KJ.mol-1

Como o ΔH encontrado é negativo, trata-se de uma reação exotérmica.

Exemplo 2: (UERJ) O alumínio é utilizado como redutor de óxidos, no processo denominado aluminotermia, conforme mostra a equação química:

8 Al(s) + 3 Mn3O4(s) → 4 Al2O3(s) + 9 Mn(s)

Observe os dados:

substância       entalpia de formação (ΔH/298K)

                                      (kj.mol-1)

Al2O3(s)                            -1667,8

Mn3O4(s)                                   -1385,3

Segundo a equação acima, para a obtenção do Mn(s), qual será a variação de entalpia, na temperatura de 298 K, em Kj?

Passo 1: Observar se a reação está balanceada, haja vista que as entalpias fornecidas pelo enunciado estão relacionadas a apenas um mol. Ao analisar a reação, percebemos que ela está balanceada, pois há 3 mols de Mn3O4(s) e 4 mols de Al2O3(s).

Passo 2: Calcular a entalpia dos reagentes por meio da soma dos seus valores (respeitando o balanceamento):

Hr = 8.0 + 3.(-1385,3)

Hr = - 4155,9 KJ.mol-1

Passo 3: Calcular a entalpia dos produtos pela soma dos seus valores (respeitando o balanceamento):

Hp = 4(-1667,8) + 9.(0)

Hp = 6671,2 + 0

Hp = - 6671,2 KJ.mol-1

Passo 4: Aplicar os valores encontrados para as entalpias dos reagentes e produtos na fórmula do ΔH:

ΔH = Hp - Hr

ΔH = - 6671,2 - (-4155,9)

ΔH = - 6671,2 + 4155,9

ΔH = - 2515,3 KJ.mol-1

Como o ΔH encontrado é negativo, trata-se de uma reação exotérmica.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe: