Indicadores ácido-base

Você está aqui

Home / Físico-Química / Equilíbrio Químico / Indicadores ácido-base

Exemplos de indicadores ácido-base usados em laboratório de química (indicador universal, fenolftaleína e papel de tornassol)
Exemplos de indicadores ácido-base usados em laboratório de química (indicador universal, fenolftaleína e papel de tornassol)

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe:
Por Jennifer Rocha

Os indicadores ácido-base são substâncias naturais ou sintéticas que possuem a capacidade de mudar de cor de acordo com o pH do meio. Isso significa que quando esses indicadores de pH são colocados em contato com uma solução ácida, eles adquirem determinada cor, mas quando são colocados em meio básico, apresentam outra coloração.

Os indicadores ácido-base normalmente são constituídos de um ácido fraco ou uma base fraca que entra em equilíbrio com a sua base ou ácido conjugado, respectivamente. O ácido fraco possui uma cor, enquanto sua base conjugada possui outra, conforme mostrado a seguir. O mesmo ocorre com a base fraca e seu ácido conjugado, ou seja, cada um possui uma cor.

Indicador ácido + H2O ↔ H3O+ + Base conjugada
(cor A)                                       (cor B)

Assim, quando o indicador ácido-base entra em contato com uma solução ácida ou básica, ocorre um deslocamento do equilíbrio, conforme explica o Princípio de Le Chatelier. Se o indicador de pH for composto de um ácido fraco em equilíbrio com sua base conjugada e entrar em contato com uma solução ácida, aumentará a quantidade dos íons H3O+ no meio. Essa quantidade de íons é diminuída através de uma reação com a base conjugada, deslocando o sentido do equilíbrio para a esquerda para formar o ácido fraco, ficando com a cor A.

Por outro lado, se o indicador entrar em contato com um meio básico, os íons OH- da solução básica reagirão com os íons H3O+ do indicador, diminuindo a concentração deles no meio. Assim, a fim de produzir mais íons H3O+, o equilíbrio químico deslocar-se-á para a direita, no sentido de formação desses íons, mudando para a cor B.

Vejamos agora alguns exemplos de indicadores ácido-base:

  • Fenolftaleína: Ela adquire coloração avermelhada ou rosa bem intensa em meios básicos, porém fica incolor em meios ácidos;

  • Papel de tornassol: fica azul em meio básico e vermelho em meio ácido;

  • Indicador universal: é constituído por uma tira de papel com uma mistura de alguns indicadores comuns secos que apresentam coloração diferente para cada valor de pH. Lembrando que o meio ácido apresenta valores de pH abaixo de 7, e o meio básico possui pH maior que 7.

Assim, basta mergulhar a fita do indicador universal na solução desejada e comparar as cores adquiridas com a escala-padrão que aparece na embalagem do indicador.


Dois tipos de indicador universal

A escolha de um indicador depende da faixa de pH em que ele muda de cor. Por exemplo, a faixa de viragem da fenolftaleína é entre 8,2 e 10,0, então ela é indicada para reações em que o ponto de viragem ocorre em pH básico, mas não em que o ponto de viragem ocorre em pH ácido.

Veja alguns exemplos na tabela a seguir:

 


Tabela de indicadores de pH e intervalo de mudança de cor
 

Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe: