Detergentes

Você está aqui

Home / Química Ambiental / Detergentes

Os detergentes líquidos são muito utilizados no dia a dia
Os detergentes líquidos são muito utilizados no dia a dia

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe:

Os detergentes são substâncias orgânicas formadas de maneira sintética (em laboratório) e possuem como principal característica a capacidade de promover limpeza por meio de sua ação emulsificante, isto é, a capacidade de promover a dissolução de uma substância.

Composição química dos detergentes

Os detergentes apresentam uma região apolar, formada por uma longa sequência de carbonos e hidrogênios (hidrocarboneto), e uma região polar, que apresenta as seguintes funções orgânicas:

  • Sal de amônio quaternário

Fórmula estrutural geral de um sal de amônio quaternário
Fórmula estrutural geral de um sal de amônio quaternário

  • Sal de ácido sulfônico

Fórmula estrutural geral de um sal de ácido sulfônico
Fórmula estrutural geral de um sal de ácido sulfônico

  • Ácidos sulfônicos

Fórmula estrutural geral de um ácido sulfônico
Fórmula estrutural geral de um ácido sulfônico

Fórmula estrutural geral de uma amina terciária
Fórmula estrutural geral de uma amina terciária

  • Fosfato

Fórmula estrutural geral de um fosfato
Fórmula estrutural geral de um fosfato

Processo de formação de um detergente

Os detergentes mais comuns são os que apresentam em sua estrutura um sal de ácido sulfônico. Os reagentes que são utilizados para a produção desse tipo de detergente são um ácido sulfônico e uma base inorgânica qualquer:

Tipos de detergentes

a) Detergente catiônico

Apresenta um grupo carregado positivamente na extremidade polar. O grupo catiônico é o sal de amônio quaternário, que está localizado à direita da estrutura.

Os produtos mais utilizados no dia a dia que apresentam detergentes catiônicos são os amaciantes de roupas e os condicionadores capilares.

b) Detergente aniônico

Apresenta um grupo carregado negativamente na extremidade polar.

Na estrutura representada acima, temos um grupo sulfato na extremidade polar da cadeia. Outro exemplo de grupo carregado negativamente que pode compor um detergente aniônico é fosfato.

Esse tipo de detergente é muito utilizados para a lavagem de utensílios domésticos e carros.

c) Detergente neutro ou não iônico

São detergentes que não apresentam grupos negativos ou positivos na região polar.

Os detergentes neutros são muito utilizados em cosméticos, principalmente em produtos para pessoas que apresentam uma maior sensibilidade na pele.

d) Detergente anfótero

São detergentes que apresentam um grupo negativo e um grupo positivo em sua estrutura. O grupo positivo é o sal de amônio quaternário, e o grupo negativo é a carboxila.

Diferenças entre o detergente e o sabão

  • Grupos funcionais diferentes, já que os sabões apresentam apenas sais de ácidos carboxílicos;

  • Os sabões são produzidos a partir de óleos ou gorduras, e os detergentes são obtidos a partir de substâncias presentes em outras fontes naturais, como o petróleo;

  • Todos os sabões são biodegradáveis, mas apenas alguns detergentes são;

  • Os detergentes são produzidos apenas em escala industrial;

  • Os detergentes não interagem com nenhum cátion presente na água, mas os sabões interagem com íons como cálcio, magnésio e ferro II.

Degradação do detergente na natureza

Quando lançados no meio ambiente, os detergentes podem prejudicar seres vivos ou promover a proliferação de outros, como é o caso de algumas algas, que, quando nutridas por fosfatos oriundos de detergentes, aumentam a sua reprodução.

Dessa forma, devemos evitar o consumo e o descarte de detergentes não biodegradáveis (não podem ser decompostos por micro-organismos). Para saber se o detergente é biodegradável ou não, é necessário conhecer a classificação da cadeia carbônica de suas moléculas.

  • Biodegradável: é o detergente que possui cadeia normal ou linear.

Estrutura de um detergente biodegradável
Estrutura de um detergente biodegradável

  • Não biodegradável: é o detergente que possui cadeia ramificada.

Estrutura de um detergente não biodegradável
Estrutura de um detergente não biodegradável


Por Me. Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe: