Decantação

Você está aqui

Home / Química Geral / Métodos de separação de misturas / Decantação

A decantação é um método de separação de misturas utilizado para tratamento do esgoto
A decantação é um método de separação de misturas utilizado para tratamento do esgoto

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe:
Por Diogo Dias

A decantação é um método utilizado para separar os componentes de misturas heterogêneas com as seguintes características:

  • Formadas por um líquido e um sólido que não está dissolvido. Exemplos: água barrenta, água e areia.

  • Formadas por dois ou mais líquidos imiscíveis, isto é, que não se dissolvem. Exemplos: água e óleo, água e gasolina.

A decantação tem como princípio deixar a mistura heterogênea em repouso para que a diferença de densidade entre os materiais atue, fazendo com que um deles desça para o fundo do recipiente e o outro flutue sobre ele.

→ Decantação em mistura formada por sólido e líquido

Quando a mistura heterogênea é formada por um sólido não dissolvido em um líquido, deve-se realizar os seguintes passos:

  • 1o Passo: colocar a mistura em um recipiente;

  • 2o Passo: deixar a mistura em repouso até que todo o material sólido esteja no fundo do recipiente.

Decantação de uma mistura formada por água e areia
Decantação de uma mistura formada por água e areia

Como o sólido e o líquido ainda estão no mesmo recipiente, a decantação em uma mistura formada por sólido e líquido requer ainda a utilização de outro método, a sifonação, para fazer a separação completa dos componentes.

OBS.: Sifonação significa utilizar um instrumento para realizar a retirada de um líquido presente em uma mistura.

Técnico sifonando uma mistura por meio de uma seringa
Técnico sifonando uma mistura por meio de uma seringa

Assim, após decantar, basta utilizar uma seringa, pipeta ou mangueira para fazer a retirada do líquido que está sobre o sólido depositado no fundo.

Decantação em mistura formada por dois líquidos

Quando a mistura heterogênea é formada por dois ou mais líquidos imiscíveis, é interessante realizar a decantação no interior de um equipamento de laboratório denominado de funil de bromo (ou funil de separação ou funil de decantação).

O funil de bromo é muito eficaz para separar líquidos imiscíveis
O funil de bromo é muito eficaz para separar líquidos imiscíveis

O funil de bromo possui uma válvula que permite que o líquido de maior densidade escoe para o interior de outro recipiente, como um béquer. Por isso, antes de utilizar esse equipamento, é fundamental realizar os seguintes passos:

  • 1o Passo: Montar o sistema para utilizar o funil de bromo. Esse sistema é composto pelo suporte universal, garra e um béquer, como na imagem abaixo:

Sistema de separação com o funil de bromo
Sistema de separação com o funil de bromo

  • 2o Passo: Colocar a mistura formada pelos líquidos imiscíveis no interior do funil de bromo.

  • 3o Passo: Deixar a mistura em repouso (decantando) durante tempo suficiente para que o líquido de maior densidade posicione-se no fundo do funil. O líquido de menor densidade ficará posicionado em cima do outro líquido.

  • 4o Passo: Abrir a válvula para o escoamento do líquido mais denso.

→ Acelerando uma decantação

O processo de decantação pode ser acelerado por meio da utilização de um equipamento chamado de centrífuga. Nesse equipamento a mistura é submetida a sucessivas rotações, o que favorece a deposição do material mais denso no fundo do recipiente.

Centrífuga sendo utilizada para acelerar a decantação do sangue
Centrífuga sendo utilizada para acelerar a decantação do sangue


Por Me. Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe: