Ligas Metálicas

Você está aqui

Home / Química Geral / Ligas Metálicas

Tubulações feitas de aço, a principal liga metálica produzida atualmente
Tubulações feitas de aço, a principal liga metálica produzida atualmente

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe:
Por Jennifer Rocha

As ligas metálicas são misturas formadas por dois ou mais elementos, sendo que pelo menos um deles é um metal.

Por exemplo, a liga mais utilizada no cotidiano é o aço, que é produzido nas siderúrgicas, sendo que o seu principal constituinte é o metal ferro (98,5%). Seus outros constituintes são carbono (de 0,5 a 1,7%) e traços de Si (silício), S (enxofre) e P (fósforo).

Atualmente, o aço é muito mais utilizado que o ferro. Para se ter uma ideia, em 2008, a produção de aço superou em um bilhão de toneladas a do ferro no mundo todo. Isso ocorre porque as ligas metálicas são materiais que possuem propriedades interessantes para as indústrias, propriedades essas que os metais individualmente não possuem.

No exemplo citado, o aço possui maior resistência à tração que o ferro puro e, por isso, ele é usado em peças metálicas que sofrem elevada tração, como na construção civil, na estrutura de edificações e principalmente no concreto armado. Além de diminuir o tempo e os custos envolvidos na construção, o aço fornece a resistência à tração ou à força perpendicular ao edifício, como a força dos ventos.

Estrutura de concreto armado feito com aço para edifício
Estrutura de concreto armado feito com aço para edifício

O aço também é mais duro que o ferro, podendo ser trabalhado pela forja, laminação e extrusão. É usado para fazer panelas, caldeiras, palhas de aço usadas para limpeza e polimento, mesas, portões, carrocerias, rodas de automóveis, pontes, pregos, parafusos, alicates etc.

Outra vantagem é que o aço produz as mais diversas ligas metálicas, destinadas às mais diversas aplicações. Uma dessas ligas é o aço inox, que é formado por 74% de aço, 18% de cromo e 8% de níquel. Sua principal propriedade é que, conforme o próprio nome indica, ele é praticamente inoxidável, sendo usado em peças que entram em contato direto com oxigênio e com a umidade do ar, tais como talheres, peças de carro, brocas, utensílios de cozinha e decoração.

Outros exemplos de ligas provenientes do aço são o invar (64% de aço e 36% de níquel) e o platinite (54% de aço e 46% de níquel), cujas principais propriedades é o baixo coeficiente de dilatação, sendo que o invar é muito usado em pêndulos, cronômetros, réguas graduadas e tubos de televisor, enquanto a principal aplicação do platinite é na parte soldada ao vidro das lâmpadas incandescentes.

Mais ligas metálicas são mostradas a seguir:

Ouro 18 quilates (75% de ouro, 13% de prata e 12% de cobre). Principais propriedades: é macio, pode ser facilmente riscado, mantém o brilho do ouro, possui dureza adequada para a joia e durabilidade.

Bronze (67% de cobre e 33% de estanho). Sua principal propriedade é resistência ao desgaste, sendo muito usado para produzir sinos, medalhas, moedas e estátuas.

Latão (95 a 55% de cobre e de 5 a 45% de zinco). Principal propriedade: alta flexibilidade, podendo ser usado em instrumentos musicais de sopro, como trompete, flauta, saxofone etc., peças de máquinas, produção de tubos, armas e torneiras.

Amálgama (70% de prata, 18% de estanho, 10% de cobre e 2% de mercúrio). Principais propriedades: resistência à oxidação (corrosão) e maleabilidade. Muito usada em obturações nos dentes.

Liga wood (liga de Bismuto ou de metal fusível) (50% de bismuto, 27% de chumbo, 13% de estanho e 10% de cádmio). Principal propriedade: baixa temperatura de fusão (em torno de 68ºC), sendo usado em fusíveis elétricos de chuveiros e ferros elétricos.

Solda (67% de chumbo e 33% de estanho). Principal propriedade: baixo ponto de fusão. É usada em solda de contatos elétricos.

Magnálio (90% de alumínio e 10% de magnésio). Principal propriedade: é bastante leve. Usado em peças de aviões e de automóveis.

Exemplos de ligas metálicas
Exemplos de ligas metálicas


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe: