Bases

Você está aqui

Home / Química Inorgânica / Funções Inorgânicas / Bases

As bases liberam em meio aquoso o íon hidróxido como único ânion
As bases liberam em meio aquoso o íon hidróxido como único ânion

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe:

As bases são muito comuns em nosso cotidiano. Só para citar alguns exemplos, temos:

  • Frutas adstringentes (que “amarram a boca”), tais como bananas, caquis verdes e caju;

  • Leite de magnésia, usado como antiácido estomacal (contém hidróxido de magnésio – Mg(OH)2);

  • Água de cal, usada em caiação de paredes e árvores (contém hidróxido de cálcio – Ca(OH)2);

  • Solução de amoníaco, presente em muitos produtos de limpeza e também em produtos para uso farmacêutico e estético (contém hidróxido de amônio – NH4OH);

  • Soda cáustica (contém hidróxido de sódio – NaOH).

Exemplos de bases no cotidiano
Exemplos de bases no cotidiano

As bases são também chamadas de álcalis porque essa palavra deriva do termo árabe al kali que significa “cinzas”, isso porque na época as substâncias alcalinas eram extraídas da queima das plantas.

Visto que algumas bases, como a soda cáustica, são perigosas, tóxicas e corrosivas, o gosto não é um modo confiável e seguro de testar se determinado composto é básico (ou alcalino). Assim, por meio da sua teoria de dissociação iônica, o químico sueco Svante Arrhenius determinou o que faz um composto pertencer à função inorgânica das bases:

Bases são compostos capazes de se dissociar na água, liberando íons, dos quais o único ânion é o hidróxido, OH-.

Veja alguns exemplos abaixo:

Dissociação de bases em água liberando como único ânion a hidroxila
Dissociação de bases em água liberando como único ânion a hidroxila

Observe que em todos os casos a fórmula química da base é constituída de um cátion ligado à hidroxila, OH-. Desse modo, quando entram em contato com a água, eles não reagem com as suas moléculas, apenas há uma dissociação e liberação de seus íons já existentes que ficam, então, circundados pelas moléculas de água. O cátion muda de uma base para a outra, porém, o ânion é sempre o mesmo - OH-.

Algumas das principais propriedades das bases são:

  • Formam soluções eletrolíticas (que conduzem eletricidade);

  • Reagem com os ácidos por meio de reações de neutralização e geram um sal e água como produtos;

  • Atuam sobre a cor dos indicadores ácido-base.

O pH das bases fica acima de 7 e, quanto maior for esse valor, mais básica a substância é. Alguns indicadores ácido-base são usados para identificar se um composto é básico. No exemplo abaixo foi usado um papel de tornassol como indicador. A cor azul indica que o sabonete é básico; em meio ácido (pH < 7), ele ficaria vermelho.

A cor azul no papel de tornassol indica que o meio é básico
A cor azul no papel de tornassol indica que o meio é básico

Outros indicadores podem ser usados, como a fenolftaleína (que fica vermelha em meio básico), o alaranjado de metila (que fica amarelo em contato com uma base) e o azul de bromotimol (que fica azul).

O que determina se uma base é forte ou não é o seu grau de dissociação (α), que corresponde à relação entre o número de fórmulas unitárias que se dissociaram e o número de fórmulas unitárias que foram dissolvidas. Se o valor de α der maior que 50%, é uma base forte, e, no caso das bases fracas, em geral, esse valor é igual ou menor que 5%.

  • Exemplos de bases fortes são: NaOH, KOH, Ca(OH)2, Sr(OH)2 e Ba(OH)2;

  • Exemplos de bases fracas: Mg(OH)2 e NH4OH.

Frascos de laboratório de soluções de bases: hidróxido de sódio, hidróxido de amônio e hidróxido de cálcio
Frascos de laboratório de soluções de bases: hidróxido de sódio, hidróxido de amônio e hidróxido de cálcio


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe: