Carbetos

Você está aqui

Home / Química Inorgânica / Funções Inorgânicas / Carbetos

Alguns carbetos são utilizados em equipamentos ou ferramentas cortantes
Alguns carbetos são utilizados em equipamentos ou ferramentas cortantes

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe:
Por Diogo Dias

Considerado como uma das funções inorgânicas (substâncias que não apresentam o carbono e o hidrogênio como elementos principais), os carbetos são estudados pela Química Inorgânica, que também se volta para um vasto grupo de substâncias, como ácidos, bases, sais e óxidos.

Os carbeto são compostos binários, isto é, apresentam o carbono, que é o elemento mais eletronegativo, ligado a um metal, metal de transição ou semimetal. Assim, em um carbeto, o carbono forma o ânion da molécula. Existem dois possíveis ânions originados pelo átomo de carbono:

  • Metaneto: é o ânion do carbono que apresenta carga ou NOX igual a -4.

C4-

  • Acetileto: é o ânion do carbono que apresenta carga ou NOX igual a -2. Ele é sempre escrito da seguinte forma:

C22-

Tipos de Carbetos

De acordo com o tipo de elemento químico ligado ao metaneto ou acetileto, podemos classificar os carbetos de três formas diferentes, cujas características são:

  • Carbetos iônicos: São carbetos que apresentam um metal, que não seja de transição, ligado a um acetileto ou metaneto. São sempre sólidos em temperatura ambiente. Exemplos: MgC2, Al4C3 , Na2C2 e Cr4C3;

  • Carbetos covalentes: São carbetos que apresentam um semimetal ligado ao metaneto ou ao acetileto. São sólidos em temperatura ambiente e sempre formam macromoléculas. Exemplos: As4C3 e SiC;

  • Carbetos metálicos: São carbetos que apresentam um metal de transição ligado ao metaneto ou acetileto. Esses carbetos apresentam como principal característica o fato de que o carbono ocupa interstícios presentes na estrutura sólida do metal. Exemplos: ZnC2, CuC2 e Fe4C3.

Nomenclatura dos Carbetos

A regra de nomenclatura desses compostos é a seguinte:

Metaneto                     nome
  ou             +             do
Acetileto                     cátion

Exemplos:

Veja agora a nomenclatura dos exemplos de carbetos iônicos, covalentes e metálicos mostrados acima:

  • MgC2 – Nesse carbeto, temos o acetileto, C2, ligado ao metal magnésio, logo: Acetileto de magnésio.

  • Al4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal alumínio (NOX +3): Metaneto de alumínio.

  • Na2C2 – Acetileto, C2, ligado ao metal sódio: Acetileto de sódio.

  • Cr4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal crômio (NOX +3): Metaneto de crômio III.

  • As4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal arsênio (NOX +3): Metaneto de arsênio III.

  • SiC – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal silício (NOX +4): Metaneto de silício.

  • ZnC2 – Acetileto, C2, ligado ao metal zinco: Acetileto de zinco.

  • CuC2 – Acetileto, C2, ligado ao metal cobre (NOX +1): Acetileto de cobre I.

  • Fe4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal ferro (NOX +3): Metaneto de ferro III.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe: