Classificação dos ácidos

Você está aqui

Home / Química Inorgânica / Funções Inorgânicas / Classificação dos ácidos

O critério mais importante de classificação dos ácidos é quanto à sua força
O critério mais importante de classificação dos ácidos é quanto à sua força

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe:

Os ácidos são compostos que, segundo a Teoria de Arrhenius, ionizam-se ao serem colocados na água, liberando como único cátion o H+(aq) (ou H3O+(aq)). Esse conceito faz parte dos vários critérios usados para a classificação dos ácidos. Veja os principais:

  • Quanto à presença de oxigênio:

-Hidrácido: não possui oxigênio. Exemplos: HCl, HBr, H2S;
-Oxiácido: possui oxigênio: Exemplos: H2SO4, HClO4, HNO3.

  • Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis (hidrogênios liberados em meio aquoso na forma de seu cátion H+(aq)):

-Monoácido: libera um H+(aq);
-Diácido: libera dois H+(aq);
-Triácido: libera três H+(aq);
-Tetrácido: libera quatro H+(aq).

No caso dos hidrácidos, todos os hidrogênios que ele possuir serão ionizáveis. Portanto, temos:

HCl: monoácido = 1 HCl + 1 H2O → 1 H3O++ 1 Cl-
H2S: diácido = 1 H2S + 2 H2O → 2 H3O+ + 1 S2-

Porém, no caso dos oxiácidos, somente os hidrogênios ligados diretamente com os átomos de oxigênio é que serão ionizáveis. Veja os exemplos:

H3BO3: triácido = 1 H3BO3 + 3 H2O → 3 H3O+ + 1 BO33-

H − O − B − O − H → Todos os hidrogênios são ionizáveis,
              |             porque os três estão ligados aos oxigênios.
             O
              |
             H

H2SO4: diácido = 1 H2SO4 + 2 H2O → 2 H3O+ + 1 SO42-

              O
              ↑
H − O − S − O − H → Todos os hidrogênios são ionizáveis,
              ↓             porque os dois estão ligados aos oxigênios.
             O

H3PO3: diácido = 1 H3PO3 + 2 H2O → 2 H3O+ + 1 HPO33-

              O
              ↑
H − O − P − O − H → Apesar de possuir três hidrogênios na molécula,
              |                             somente dois são ionizáveis.
             H

H3PO2: monoácido = 1 H3PO2 + 1 H2O → 1 H3O+ + 1 H2 PO23-

              O
              ↑
H − O − P − H → Apesar de possuir três hidrogênios na molécula,
              |                           somente um é ionizável.
             H

Observe que o HCl é um monoácido, enquanto o H3BO3 é um triácido. No entanto, em solução aquosa, o HCl forma um ácido forte, o ácido clorídrico, que é corrosivo, sendo, por isso, usado em produtos de limpeza e em decapagem de metais; enquanto o H3BO3 forma um ácido fraco, o ácido bórico, que é usado até mesmo em colírios graças à sua ação antisséptica.

Isso nos leva a concluir que não é a quantidade de hidrogênios ionizáveis que torna um ácido forte ou fraco. Na verdade, a força de um ácido é definida de acordo com o próximo critério de classificação dos ácidos:

  • Grau de ionização (α):

O grau de ionização de um ácido é calculado da seguinte forma:

α =              quantidade de moléculas que se ionizaram_________ . 100%
       quantidade de moléculas que inicialmente foram dissolvidas

Isso quer dizer que quanto maior for o grau de ionização, maior será a concentração de íons presentes na solução, o que faz com que o ácido tenha maior condutibilidade elétrica e seja mais forte.

Assim, temos:

- α > 50%: ácido forte.
Exemplos: Como mostra a imagem inicial, o HNO3 e o HCl são fortes porque o grau de ionização de cada um é, respectivamente, igual a 92% e 92,5% a 18ºC;

O ácido clorídrico é um ácido forte
O ácido clorídrico é um ácido forte

- 5 % > α > 50%: ácido semiforte.
Exemplos: A 18ºC, temos o H2SO3 (α = 30%), o H3PO4 (α = 27%) e o HF (α = 8,5%);

- α < 5%: ácido fraco.
Exemplos: A 18ºC, temos o H2S (α = 0,076%), o H3BO3 (α = 0,075%) e o HCN (α = 0,008%).

Mais um critério usado para se classificar os ácidos e que é importante para garantir a segurança:

  • De acordo com a volatilidade (ponto de ebulição):

- Fixos: seu ponto de ebulição é superior a 100ºC e, em temperatura ambiente, passam muito lentamente para o estado de vapor. Exemplos: H2SO4 (340ºC) e H3PO4 (213ºC);

- Voláteis: seu ponto de ebulição é inferior a 100ºC e, em temperatura ambiente, passam facilmente para o estado de vapor. Exemplos: HCl (-85ºC) e H2S (-59,6ºC).

Os ácidos voláteis liberam vapores tóxicos e, por isso, devem ser manuseados em uma capela que aspira esses vapores.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe: