Hidretos

Você está aqui

Home / Química Inorgânica / Funções Inorgânicas / Hidretos

O hidreto de alumínio é utilizado como combustível de foguetes
O hidreto de alumínio é utilizado como combustível de foguetes

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe:
Por Diogo Dias

Os hidretos são uma função inorgânica binária, ou seja, possuem dois elementos químicos, e apresentam o hidrogênio como o elemento químico mais eletronegativo, sempre apresentando a carga -1 (H-1). Sua fórmula geral pode ser representada da seguinte maneira:

XH

O elemento químico que acompanha o hidrogênio na constituição de um hidreto pode ser de várias naturezas (desde que menos eletronegativo que o hidrogênio), como:

  • Metal (alcalinos e alcalinoterrosos);

  • Semimetal;

  • Ametal.

Independentemente do elemento químico presente no hidreto, a nomenclatura desses compostos é realizada de forma simples:

Hidreto + de + nome do elemento

Veja alguns exemplos de aplicação da regra de nomenclatura de hidretos:

  • CaH2 – Hidreto de Cálcio

  • AlH3 – Hidreto de Alumínio

  • MgH2 – Hidreto de Magnésio

  • KH – Hidreto de Potássio

  • NaH – Hidreto de Sódio

  • SiH4 – Hidreto de Silício

  • AsH3– Hidreto de Arsênio

Em razão da distinção da natureza do elemento que acompanha o hidrogênio, os hidretos podem ser classificados em:

a) Hidretos iônicos: são hidretos que apresentam metais exclusivamente das famílias IA e IIA. Exemplos: CaH2, NaH, MgH2 e KH.

As características gerais dos hidretos iônicos são:

  • São sólidos em temperatura ambiente;

  • Em contato com a água, reagem e liberam uma grande quantidade de calor;

  • São fontes de hidrogênio gasoso (H2).

b) Hidretos intersticiais: São hidretos em que o hidrogênio está associado a metais de transição. O que ocorre, na realidade, é que o átomo de hidrogênio ocupa sítios ou interstícios (espaços) entre os cátions do metal de transição. A imagem a seguir, que ilustra um hidreto intersticial, mostra cátions do metal Estanho (Sn+4) envolvendo um átomo de hidrogênio.

Exemplo de representação de um hidreto intersticial
Exemplo de representação de um hidreto intersticial

As características gerais dos hidretos intersticiais são:

  • São sólidos em temperatura ambiente;

  • São bons condutores de eletricidade.

c) Hidretos moleculares: são hidretos que apresentam semimetais, ametais e metais (que não são das famílias IA, IIA e de transição). Exemplos: AlH3, SiH4 e AsH3.

As características gerais dos hidretos moleculares são:

  • Podem ser sólidos, líquidos ou gasosos em temperatura ambiente;

  • Em contato com a água, reagem e liberam uma grande quantidade de calor;

  • São fontes de hidrogênio gasoso (H2).


Por Me. Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe: