Tipos de Reações Inorgânicas

Você está aqui

Home / Química Inorgânica / Reações Químicas / Tipos de Reações Inorgânicas

Cientista adiciona produtos inorgânicos em um erlenmeyer para uma reação química
Cientista adiciona produtos inorgânicos em um erlenmeyer para uma reação química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe:
Por Jennifer Rocha

As reações químicas podem ser classificadas de diversas formas, mas as que são inorgânicas geralmente são subdivididas segundo o número de substâncias formadas, número de reagentes e presença ou não de substâncias simples e compostas.

Temos que os principais tipos de reações inorgânicas são quatro:

  • Reações de síntese ou adição: São aquelas em que dois ou mais reagentes unem-se para formar um único produto.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de síntese ou adição
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de síntese ou adição

Por exemplo, o carbono une-se ao oxigênio para formar o dióxido de carbono:

C + O2 → CO2

  • Reação de decomposição ou análise: É o contrário da reação anterior, ou seja, uma substância é decomposta em duas ou mais.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de decomposição ou análise
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de decomposição ou análise

Essa decomposição pode ocorrer em virtude de um aquecimento (pirólise) ou da passagem de corrente elétrica pela substância fundida ou em meio aquoso (eletrólise), ou o agente da decomposição pode ser a luz (fotólise).

Por exemplo, quando os airbags de um automóvel são acionados, ocorre a decomposição da azida de sódio, por calor, como mostrado abaixo:

Reação de decomposição da azida de sódio que ocorre dentro dos airbags
Reação de decomposição da azida de sódio que ocorre dentro dos airbags

É o gás nitrogênio liberado que infla a bolsa, protegendo o motorista de alguma lesão. O sódio liberado na reação acima ainda reage com outro composto, o nitrato de potássio. Essa reação libera ainda mais nitrogênio para inflar a bolsa.

Os airbags dos carros inflam graças a uma reação de decomposição
Os airbags dos carros inflam graças a uma reação de decomposição

  • Reação de simples troca ou deslocamento: Nesse caso, uma substância simples reage com uma composta, originando outra substância simples e outra composta, ou seja, há a troca dos ligantes.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de simples troca, deslocamento ou oxirredução
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de simples troca, deslocamento ou oxirredução

No exemplo abaixo, observe que a substância simples era o Cobre (Cu); mas ele ligou-se ao íon nitrato (NO-3), formando uma nova substância composta, o nitrato de cobre II (Cu(NO3)2), e uma nova substância simples, a prata (Ag):

Cu + 2 AgNO3Cu(NO3)2 + 2 Ag

Essa reação é classificada em Físico-Química como uma reação de oxirredução, pois há transferência de elétrons entre as substâncias envolvidas. No caso acima, a transferência dos elétrons ocorre da substância simples para a composta. Observe o Nox.

Assim, na prática, notamos que quando se coloca uma fita de cobre em uma solução de nitrato de prata, com o tempo, a solução de nitrato de prata vai deixando de ser incolor, ficando azulada, e a fita fica em um tom prateado. Isso ocorre porque a prata da solução vai sendo deslocada pelo cobre da fita. O tom azulado da solução deve-se à formação de íons cobre em solução. Você pode ver essa reação na imagem abaixo:

Precipitação de prata em cobre a partir de uma solução de nitrato de prata[1]
Precipitação de prata em cobre a partir de uma solução de nitrato de prata[1]

  • Reação de dupla troca ou metátese: Ocorre entre duas substâncias compostas, em que seus elementos ou radicais fazem “trocas” entre si, formando novas substâncias compostas.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de dupla troca ou metátese
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de dupla troca ou metátese

Exemplo: Quando se coloca para reagir uma solução de cal hidratada com uma de sulfato de alumínio (ambas incolores), há a formação de um precipitado branco, como mostra a reação e a imagem abaixo:

3 Ca(OH)2(aq) + Al2(SO4)3(aq) → 2 Al(OH)3(s) + 3 CaSO4(s)
hidróxido de cálcio  sulfato de alumínio  hidróxido de alumínio  sulfato de cálcio


Reação entre hidróxido de cálcio e sulfato de alumínio origina precipitado branco[2]
Reação entre hidróxido de cálcio e sulfato de alumínio origina precipitado branco[2]

Observe na reação que o cálcio, que antes estava ligado ao hidróxido, une-se ao sulfato, e o alumínio, que antes estava ligado ao sulfato, une-se ao hidróxido, formando dois novos compostos.

Agora que já ficou tudo explicado, veja vários tipos de reações inorgânicas abaixo e tente classificá-las. Depois você pode conferir na resolução abaixo:

Reações:

3H2(g) + N2(g) → 2 NH3(g)

CaCO3(s)  CaO(s) + CO2(g)

CaO + H2O → Ca(OH)2

HCl + NaOH → NaCl + H2O

2 Fe(s) + 6 HCl(aq) → 2 FeCl 3(aq) + 3 H2(g)

NaCl + AgNO3 → AgCl + NaNO3

HCl + NaOH → NaCl + H2O

H2O2(l)  2 H2O (l) + 1/2 O2(g)

2 NaN3 (s) → 2 N2 (g) + 2 Na(s)

CuSO4 + 2NaOH → Na2SO4 + Cu(OH)2

Zn + 2HCl → ZnCl2 + H2

NaCl(l)  2 Na(s) + Cl2(g)

NaHCO3 + HCl → NaCl + H2CO3 → NaCl +CO2 +H2O

Pb(NO3)2(aq) + NaI(aq) → PbI2(s) + 2 NaNO3(aq)

Resolução:

3H2(g) + N2(g) → 2 NH3(g) → Reação de síntese ou adição

CaCO3(s)  CaO(s) + CO2(g) → Reação de análise ou decomposição (pirólise)

CaO + H2O → Ca(OH)2 → Reação de síntese ou adição

HCl + NaOH → NaCl + H2O → Reação de dupla troca ou metátese

2 Fe(s) + 6 HCl(aq) → 2 FeCl 3(aq) + 3 H2(g) → Reação de simples troca (oxirredução)

NaCl + AgNO3 → AgCl + NaNO3 → Reação de dupla troca ou metátese

HCl + NaOH → NaCl + H2O → Reação de dupla troca ou metátese

H2O2(l)  2 H2O (l) + 1/2 O2(g) → Reação de análise ou decomposição (fotólise)

2 NaN3 (s) → 2 N2 (g) + 2 Na(s) → Reação de análise ou decomposição

CuSO4 + 2NaOH → Na2SO4 + Cu(OH)2 → Reação de dupla troca ou metátese

Zn + 2HCl → ZnCl2 + H2 → Reação de simples troca

NaCl(l)  2 Na(s) + Cl2(g) → Reação de análise ou decomposição (eletrólise)

NaHCO3 + HCl → NaCl + H2CO3 → NaCl +CO2 +H2O → Reação de dupla troca

Pb(NO3)2(aq) + NaI(aq) → PbI2(s) + 2 NaNO3(aq) → Reação de dupla troca
 

* Créditos das imagens:

[1] Autor: Toby Hudson / Fonte de onde foi extraída: Wikipedia Commons;

[2] Autor: Erop Ocnh / Fonte de onde foi extraída: Wikipedia Commons.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe: