Ácido Fórmico ou Metanoico

Você está aqui

Home / Química Orgânica / Grupos Funcionais / Funções Oxigenadas / Ácido Fórmico ou Metanoico

Formiga de madeira vermelha (Formica rufibarbis) pronta para atacar com mandíbulas abertas e gota de ácido fórmico
Formiga de madeira vermelha (Formica rufibarbis) pronta para atacar com mandíbulas abertas e gota de ácido fórmico

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe:
Por Jennifer Rocha

O ácido fórmico é um líquido incolor à temperatura ambiente, cujo ponto de ebulição é igual a 100,5ºC e a constante de dissociação ácida (Ka) é igual a 1,80 . 10-4. Trata-se do ácido carboxílico de fórmula estrutural mais simples, conforme mostrado abaixo:

Seu nome oficial é ácido metanoico, sendo que:

Met: indica um átomo de carbono;
an: indica que o carbono não realiza ligações duplas ou triplas com outros átomos de carbono;
oico: indica a presença do grupo funcional “ácido carboxílico”, que é caracterizado por um carbono ligado a um oxigênio e a uma hidroxila.

Ele tem o cheiro irritante, intenso e paladar azedo.

O nome usual “ácido fórmico” está ligado à sua origem, tendo em vista que ele foi “descoberto” em 1500, pelo pesquisador H. Brunschwigk, através de uma destilação por arraste de vapor de soluções contendo formigas (do latim formica). A picada das formigas vermelhas causa uma dor intensa, inchaço e coceira graças à presença do ácido fórmico, que é secretado com a finalidade de ataque e defesa.

Além das formigas, o ácido fórmico está presente também nas abelhas, urtigas, pinheiros e alguns frutos.

Atualmente, a obtenção do ácido fórmico é feita em laboratório por meio de uma reação com duas etapas. Na primeira, reage-se o hidróxido de sódio (NaOH) com monóxido de carbono (CO), formando o metanoato de sódio – HCO2Na, que, em uma segunda etapa, é posto para reagir com ácido sulfúrico (H2SO4) ou com ácido clorídrico (HCl), formando o ácido metanoico:


Reação de obtenção do ácido metanoico

Ele possui entre suas principais aplicações a atuação como mordente, isto é, fixador de corantes em tecidos. Também é usado no curtimento de couro, na coagulação de látex, na produção de borracha e como desinfetante em medicina.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe: