Isomeria plana de cadeia

Você está aqui

Home / Química Orgânica / Isomeria / Isomeria plana de cadeia

O pentano e o neopentano são exemplos de isômeros de cadeia
O pentano e o neopentano são exemplos de isômeros de cadeia

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe:
Por Diogo Dias

A isomeria plana de cadeia é um dos cinco tipos de isomeria plana existentes. Para que sejam isômeros, os compostos devem apresentar a mesma fórmula molecular, isto é, os mesmos tipos e quantidades de átomos que formam as substâncias. No exemplo a seguir, temos duas fórmulas estruturais diferentes, mas ambas apresentam a mesma fórmula molecular:

O tipo de isomeria plana é determinado pelas diferenças entre as fórmulas estruturais dos compostos. No caso da isomeria plana de cadeia, a diferença está no tipo de cadeia de cada uma das substâncias. Por esse motivo, é interessante relembrar as classificações que as cadeias podem receber:

  • Aberta: Aquela que apresenta extremidades livres (carbonos nas extremidades);

  • Fechada: Aquela que não possui extremidades livres. Os carbonos ligam-se de modo que a cadeia forme um ciclo;

  • Normal: Cadeia que não apresenta mais de duas extremidades livres ou, no caso de cadeia fechada, não apresenta carbono fora do ciclo;

  • Ramificada: Cadeia que apresenta três ou mais extremidades livres. No caso das fechadas, elas são ramificadas quando apresenta um ou mais carbonos fora do ciclo;

  • Saturada: Cadeia que, entre os carbonos, há apenas ligações do tipo simples;

  • Insaturada: Cadeia que, entre os carbonos, há pelo menos uma ligação dupla ou tripla.

  • Homogênea: Cadeia que não apresenta heteroátomo, isto é, Nitrogênio (N), Oxigênio, Fósforo (P) ou Enxofre (S), entre os átomos de carbono.

  • Heterogênea: Cadeia que apresenta pelo menos um heteroátomo, isto é, os elementos Nitrogênio (N), Oxigênio, Fósforo (P) ou Enxofre (S), entre os átomos de carbono.

Depois dessa explanação sobre as classificações das cadeias, podemos determinar se, entre substâncias, existe ou não isomeria plana de cadeia. Para tal, vamos utilizar os três exemplos a seguir:

Butano e Isobutano

Podemos observar que tanto o isobutano quanto o butano apresentam fórmula molecular C4H10, logo, são isômeros. O butano apresenta cadeia aberta normal, e o isobutano apresenta cadeia aberta ramificada. Portanto, trata-se de isômeros de cadeia.

Dimetilamina e Etilamina

Podemos observar que tanto a dimetilamina (à esquerda) quanto a etilamina (à direita) apresentam fórmula molecular C2H7N; logo, são isômeros. A dimetilamina apresenta cadeia aberta heterogênea, e a etilamina apresenta cadeia aberta homogênea. Portanto, trata-se de isômeros de cadeia.

Ciclopentano e 3-metil-but-1-eno

Podemos observar que tanto o ciclopentano quanto o 3-metil-but-1-eno apresentam fórmula molecular C5H10; logo, são isômeros. O ciclopentano apresenta cadeia fechada, e o 3-metil-but-1-eno apresenta cadeia aberta. Portanto, trata-se de isômeros de cadeia.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe: