Tipos de Reações Orgânicas

Você está aqui

Home / Química Orgânica / Reações Orgânicas / Tipos de Reações Orgânicas

Reação química, fórmulas e equações
Reação química, fórmulas e equações

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe:

As reações orgânicas são importantes para a produção dos inúmeros compostos orgânicos usados atualmente em alimentos, medicamentos, cosméticos, utensílios domésticos, brinquedos, automóveis, combustíveis e assim por diante.

Essas reações são muito variadas, mas geralmente podem ser classificadas em três tipos:

1. Reações de substituição: Troca-se um átomo ou grupo de átomos de um composto orgânico por outro átomo ou grupo de átomos.

Elas ocorrem especialmente com alcanos, hidrocarbonetos aromáticos (benzeno e seus derivados) e com haletos orgânicos.

Genericamente, temos:

As principais reações de substituição são halogenação (pelo menos um átomo de hidrogênio do composto orgânico é substituído por um halogênio), nitração (ocorre com o ácido nítrico, em que pelo menos um hidrogênio é substituído pelo grupo — NO2), sulfonação (ocorre com o ácido sulfúrico, em que pelo menos um hidrogênio é substituído pelo grupo — SO3H), alquilação (ocorre com os aromáticos e com os haletos orgânicos, em que pelo menos um de seus hidrogênios é substituído por um radical alquila), acilação (um hidrogênio do anel aromático é substituído por um grupo acila) e hidrólise alcalina (ocorre com os haletos orgânicos quando sofrem quebra na presença de uma solução aquosa de base forte e álcoois são formados como produtos).

Abaixo temos um exemplo de uma halogenação (cloração):

2. Reações de adição: Ocorrem com compostos insaturados, em que uma ligação pi (π) é rompida e outros átomos são adicionados à molécula em uma ligação simples.

Genericamente, temos:

As principais reações de adição são: hidrogenação (adição do hidrogênio), halogenação (adição de halogênios), hidro-halogenação (reage com um halogenidreto (HX), isto é, um composto em que um halogênio está ligado ao hidrogênio, e os átomos desses dois elementos são adicionados à molécula) e hidratação (reage com a água, sendo que um hidrogênio e um grupo hidroxila são adicionados à molécula).

Abaixo temos o exemplo de uma hidrogenação:


Reação de adição do hidrogênio ao propeno.

3. Reações de eliminação: A partir de um composto orgânico, obtêm-se dois compostos (um orgânico e outro inorgânico).

Podem ser de dois tipos:

3.1. Eliminação intramolecular: uma molécula elimina alguns de seus átomos. Genericamente, temos:

Um exemplo é a desidratação intramolecular de álcoois, na presença de um catalisador, em temperaturas altas (pelo menos 170ºC), formando um alceno e liberando água:

Exemplo: Desidratação do etanol:

3.2. Eliminação intermolecular: Duas moléculas interagem, unem-se e eliminam simultaneamente um átomo ou grupo de átomos, sendo, de certa forma, o caminho inverso das reações de adição.

Genericamente, temos:

Os principais exemplos de eliminações intermoleculares são: desidratação intermolecular de álcoois, desidratação de ácidos carboxílicos, eliminação de haletos orgânicos, de hidrogênios e de halogênios.

Abaixo temos um exemplo de eliminação de hidrogênios de um alcano, com a formação de um alceno e gás hidrogênio:


 

Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Curtidas

0

Comentários

0

por Jennifer

Compartilhe: